quinta-feira, 10 de setembro de 2009

A paz do Senhor Jesus

Pois é galerinha, depois de anos sem um, volto a ter um blog, numa situação de vida muito diferente daquela em que eu me encontrava. Hoje servo do Senhor Jesus em processo de restauração para ser usado na obra, começando do zero em muitas áreas e sonhando junto com Jesus os próximos passos da minha vida. É um espaço pra compartilhar a maravilhosa mensagem da cruz, pensamentos, dúvidas e, claro, poemas e outros textos. A propósito de poemas, gostaria de abrir o blog com um poema que um amigo chamou de salmo, sobre a paz de Deus, baseado em Filipenses, que foi algo que eu senti nesse ano.

Paz Eterna

“E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.” Filipenses 4:7
A paz de Deus, graciosa dádiva,
Não é encontrada em compêndios de sabedoria
Nem se dobra ao humano entendimento.
Em verdade de dia em dia a sua medida se preenche
No caminhar cotidiano com o Senhor,
Apreciando e recebendo do Seu amor
Mediante o convívio gratuito pela cruz promovido.
Guarda-me, rogo, nos Teus átrios
E sela minha mente e coração
Para que de Ti não se desviem
Mas no vínculo do Teu amor se comprazam eternamente.

1 comentários:

Lyliane disse...

Louvo a Deus pelo seu dom de escrever poesias, que essa fome e sede de Deus sejam presente em sua vida, pois Deus colocará em teu caminho vidas para que tu coloques em prática tudo que aprendestes, Deus continue te abençoando...amém e amém